Quinta-feira, 29 de Novembro de 2007

...


 


 


 


 


publicado por . às 18:52
link do post | comentar | favorito

Nova Policia


 


 


 

publicado por . às 14:27
link do post | comentar | favorito

Making Anuncio Euribor


 


 


 

publicado por . às 14:19
link do post | comentar | favorito

Opel GT 2.0 Turbo


 


 


 



Puro prazer


 


 


zoom

Desde há algum tempo a esta parte, a oferta da gama Opel é marcada pela presença de berlinas e monovolumes, mas nem tudo é cinzento neste panorama, igual ao de tantas outras marcas. Com efeito, para dar algum brilho e glamour à sua oferta, a Opel lançou este ano o GT, um roadster por direito próprio e que provoca torcicolos e distensões musculares dado que toda a gente tende a seguir o GT com os olhos por onde quer que este passe.


Depois do Speedster, um derivado do Lótus Elise, a Opel decidiu chamar a si o know-how da GM na construção de roadsters de puro sangue americano e o resultado não podia ser mais animador: um automóvel que evoca as glórias de um modelo que marcou as décadas de 60 e 70: o Opel GT, lançado em 1968 e cuja inspiração se encontrava no lendário Chevrolet Corvette Stingray.





zoom

A história volta a repetir-se e, desta feita, o novo GT foi buscar a sua inspiração, mais uma vez, a um modelo americano, designadamente o Saturn Sky, um modelo do Grupo GM que também inspirou o belíssimo Pontiac Solstice.


No que se prende com o GT, o resultado da procura da forma mais adequado resultou em pleno, uma vez que o GT é imediatamente interpretado como um veículo de excepção, em grande medida devido à sua genética norte-americana, de onde resulta um automóvel pleno de carácter e inegavelmente bonito.


 


 


zoom

De facto, o Opel GT exibe uma silhueta marcante, onde podemos facilmente constatar traços de influência clássica, magnificamente conjugados com detalhes de modernidade. Com uma largura de 1,81m de retrovisor a retrovisor, uma altura de apenas 1,27 m e um comprimento de 4,10 m, o GT impõe-se como um automóvel de raça, a quem não faltam sequer alguns detalhes estilísticos que nos prendem o olhar, como é o caso da envolvência dada pela carroçaria à zona dos apoios de cabeça, ou as ponteiras de escape de formato rectangular.


O resultado é um visual agressivo e incisivo, com as rodas colocadas nos quarto cantos e uma transmissão traseira que faz com a utilização desta proposta nunca seja monótona. Claro que aqui joga um papel decisivo a mecânica que se abriga sob o capot que nos permite explorar sensações de condução verdadeiramente desportivas.





zoom

Este bilugar recebe os seus ocupantes num pequeno habitáculo que mais nos faz lembrar um cockpit, onde não foram feitas muitas concessões ao capítulo do conforto e dotação de equipamentos. Em contrapartida, tanto o condutor como o “pendura” têm uma posição adequada e onde o apoio não é palavra vã. Com a capota de lona subida, levamos algum tempo a habituarmo-nos ao tamanho reduzido das superfícies vidradas, o que acontece rápida e instintivamente.


Relativamente à capota, esta é de utilização 100% manual, o que se para alguns pode ser incómodo, para os mais puristas representa mais um ponto que abona a favor do GT. No nosso entender quer-nos parecer que o pior da capota é o espaço onde se aloja, ou seja, na bagageira e que nos permite apenas transportar um volume de 66 litros (157 litros com a capota subida), um valor que fica aquém até de um smart.


 


 


zoom

Para empurrar o GT, a Opel optou por um quarto cilindros de posicionamento longitudinal de 2 litros (1.998 c.c.) com injecção directa e associado a um turbo compressor de dupla entrada cuja pressão vai até 1,38 bar. Daqui resulta uma potência de 264 cv, ou seja, uma potência especifica de 132 cv por litro, o que se pode traduzir num sprint de 0 a 100 km/h cumprido nuns escassos 6,3 segundos e numa velocidade máxima de 229 km/h, de acordo com dados da marca.


Marcante é sem duvida a sonoridade deste motor, a caixa de velocidades de relações curta e muito firme, sem esquecer o binário (353Nm às 2.500 rpm) que se faz sentir de um modo constante e que nos faz sentir que estamos ao volante de super desportivo, facto a que não é alheia uma distribuição de massas de 51% à frente e 49% atrás e as suspensões de duplo triângulo, que testemunham o refinamento deste bastidor.





zoom

Por oposição ao extinto Opel Speedster, o GT é menos leve e menos ágil, contudo, a aposta da Opel no puro prazer de condução rendeu resultados muito positivos e encorajadores. As investidas a traseira são controláveis e permitem-nos levar a cabo uma condução divertida e rápida. Mas ao circularmos em pisos molhados e de fraca aderência, impõe-se uma grande dose de humildade e contenção dado que, mesmo apesar da presença de apoios electrónicos (ESP e ABS), sempre estamos a falar de um tracção traseira cuja reacções são bastante puras. O capítulo da travagem está a cargo de quatro discos ventilados.


P.V.P: 44.900 €uros


Eurico Botas

publicado por . às 14:12
link do post | comentar | favorito

CTT emitem primeiro selo de cortiça do mundo

 


 



Emissão evoca contribuição do sector corticeiro para a economia nacional


 

cortica2

Os Correios de Portugal vão emitir o primeiro selo de cortiça do mundo. A emissão, constituída por um único selo inteiramente produzido em cortiça, é feita como evocação do sector corticeiro português, cuja importância para a economia nacional vem do facto de fazer do nosso país o maior produtor e exportador mundial de cortiça.

 

O lançamento do Selo de Cortiça será feito na próxima quarta-feira, dia 28 de Novembro, às 12h30, na Assembleia da República. Participarão da cerimónia o Presidente da Assembleia da República, Jaime Gama, e o Presidente dos CTT Correios de Portugal, Luís Nazaré.

 

O selo tem o valor facial de 1 euro e terá uma tiragem de 230 mil exemplares. Foi desenhado por João Machado e fabricado em papel de cortiça auto adesivo.

 

A cortiça e os sobreiros, que lhe estão na origem, são verdadeiros símbolos nacionais.Portugal é hoje o líder mundial na produção, transformação e exportação da cortiça. Quaisquer que sejam os números evocados, Portugal aparece sempre como líder mundial no que diz respeito à produção corticeira. É no nosso país que se situa a maior área de sobreiros do planeta, com 737 mil hectares, correspondentes a 32,5% de toda a área plantada com estas árvores no mundo. As plantações de sobreiros, que adornam sobretudo a paisagem alentejana, representam 23% de toda a floresta nacional.

Portugal produz mais de metade de toda a cortiça mundial, mais exactamente 54%. A quase totalidade desta produção, 90%, destina-se ao mercado externo. A importância económica desta produção traduz-se nos 900 milhões de euros de produtos fabricados em cortiça exportados anualmente. O sector rolheiro tem a parte de leão nestes números: a ele se devem 75% das exportações.

 

Por tudo isto se diz da cortiça que é uma das mais importantes embaixadoras de Portugal.

Ela leva o nome do país aos cinco continentes e até ao espaço e colocou Portugal na vanguarda do conhecimento e investigação em cortiça.

Daí a responsabilidade portuguesa na protecção e promoção deste nobre produto da floresta mediterrânica



cct


 

publicado por . às 12:29
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 22 de Novembro de 2007

Primeiro telemóvel português chega ao mercado




Quarta-feira, 21 de Novembro de 2007



Chama-se NDrive Phone S300 e é a primeira marca de telemóvel portuguesa, hoje apreentada, que chega ao mercado.  Disponível em Portugal a partir do final desta semana, chegará ao mercado internacional a partir do próximo mês, iniciando-se a comercialização em Espanha. O telemóvel é da NDrive Navigation Systems, empresa que se posiciona como um player mundial na área dos sistemas de navegação. Enquanto telefone, o S300 oferece: Windows Mobile Professional 6 com push email; processador de alta rentabilidade Intel a 416 mHz, câmara fotográfica de 2 MPíxeis com função Macro, reconhecimento automático de cartões de visita para o Outlook, ligação Wi-Fi e EDGE, Bluetooth 2.0 com A2DP, email na palma da mão e sincronização com o Outlook, escritório móvel com Word, Excel e Powerpoint Mobile, divertimento garantido com Windows Media Player Mobile, SMS, MMS e jogos e a possibilidade de se estar sempre contactável com Windows Live, MSN Messenger e Internet Explorer. Enquanto navegador o NDrive Phone S300 disponibiliza: mapas de Portugal, incluindo Açores e Madeira, informação actualizada sobre o trânsito, 70 mil pontos de interesse com conteúdos detalhados e 20 mil fotografias, conteúdos do livro “Boa Cama, Boa Mesa” do Jornal Expresso, informação actualizada sobre farmácias de serviço, informação actualizada sobre eventos culturais, informação meteorológica actualizada, informação sobre radares fixos, possibilidade de enviar a localização por SMS e GPS SIRF III de alta sensibilidade. O NDrive Phone S300 é assim um telefone móvel e sistema de navegação topo de gama, que vai ser comercializado em Portugal com o p.v.p. de 399 euros. Este é o primeiro gadget móvel do mercado português a integrar as características de telefone e navegador em quad-band. Segundo Eduardo Carqueja, administrador da NDrive Navigation Systems, «este é o primeiro de muitos outros gadgets que irão surgir no mercado a partir da convergência destes dois universos: a telefonia móvel e os sistemas de navegação. Estamos perante um novo movimento de mercado, que por certo irá influenciar as tendências dos próximos anos a nível mundial. Fornecedores de conteúdos, de tecnologia móvel e operadores de telecomunicações têm perfeita consciência de que esta é uma nova oportunidade de crescimento no mercado à escala mundial, e a NDrive quer e vai participar nela».


publicado por . às 21:39
link do post | comentar | favorito

Cooper S: Puro prazer MINI









zoom

O MINI Cooper S é, no mínimo, um caso de paixão! Paixão pela performance, pela eficácia e também a paixão pela paixão. Conduzir um destes “carrinhos” é uma experiência inolvidável pautada por uma grande dose de gozo e por andamentos infernais, à antiga portuguesa, ou, melhor dizendo, à antiga inglesa...

O MINI Cooper S é um automóvel perante o qual poucos ficam indiferentes. Esta nova geração distancia-se da anterior, não tanto no capítulo como no capítulo da eficácia mecânica. Com efeito, se de imediato reconhecemos esta proposta como sendo um MINI,apesar de um ligeiro aumento das suas medidas, as alterações produzidas ao nível dos “bastidores” resultam num automóvel pleno de carácter e dono de reacções verdadeiramente desportivas.





zoom

Assim, o MINI Cooper S deste ano é mais rápido, mais eficaz e mais performante. De facto, quem defina este automóvel como sendo um “carro de gaja”, e se ainda por cima tiver o pé direito pesado, o melhor é habituar-se a olhar apenas para as suas ópticas traseiras, uma vez que este “menino” deixa tudo para trás, em especial se o traçado por onde circula for sinuoso.

O brilho que a boa estrela do Cooper S exibe deve-se em boa medida ao novo quatro cilindros de 1.6 litros, que difere do anterior pelo facto de ser de alumínio, ao invés do aço utilizado pela anterior geração. De referir ainda adopção de um sistema de sobrealimentação por meio de turbo compressor, em substituição do compressor que equipava o anterior motor de aço.



zoom

A transmissão manual de seis velocidades foi reescalonada e apresenta-se agora com rapports mais curtos o que acrescenta ainda mais valor ao conjunto, uma vez que contribui decisivamente para anular a lentidão típica dos turbos nos regimes mais baixos, graças a uma disponibilização de binário de 240 Nm logo desde as 1.600 rpm. No que se prende com o capítulo da utilização merece uma palavra de apreço a embraiagem, muito comunicativa, que em muito contribui para a eficácia do transmissão.

O motor tem uma potência declarada de 175 cv às 5.500 e permite ao Cooper S atingir uns anunciados 225 km/h de velocidade máxima, cumprindo o 0 a 100 km/h em 7,1 segundos. No capítulo dos consumos, a marca refere 6,9 litros de carburante a cada 100 quilómetros, em ciclo combinado.





zoom

De referir o cuidado tido na concepção do novo acelerador, o qual não apresenta qualquer folga, contribuindo visivelmente para um bom desempenho do pé direito, de forma suave e rápida.

A utilização do Cooper S poderá ser comparada com um go-kart, se bem que estes tenham tracção traseira, por oposição à transmissão dianteira do MINI. Contudo este deve ser o tracção dianteira mais divertido que existe.


Com uma previsível personalidade subviradora, o Cooper S é mesmo assim um carro exemplar uma vez que, mesmo em curvas muito fechadas, a frente não mergulha demais e permite-nos soltar a traseira com à vontade. Trata-se um modelo que permite realizar uma condução quase intuitiva, tal o entrosamento que rapidamente se estabelece entre o Homem e a máquina, o que nos permite afirmar que este é um dos tracções dianteira mais controláveis que existem.



zoom

A direcção, assistida electricamente, é igualmente eficaz e precisa. Premindo o botão “Sport”, à frente da base da alavanca da caixa de velocidades, a direcção é menos assistida, ou seja, fica mais directa.

Para ajudar à festa, o MINI Cooper S está equipado de série com um sistema de controlo de estabilidade que sem ser demasiado intrusivo perdoa alguns erros e exageros de condução.





zoom

A unidade que tivemos oportunidade de conduzir encontrava-se equipada com alguns opcionais da gama John Cooper, o que adicionava ao conjunto um visual ainda mais incisivo. A variante de base do Cooper S tem um Preço de Venda ao Público de 29.096 €uros.

Eurico Botas


publicado por . às 21:33
link do post | comentar | favorito

LG. Philips desenvolve LCD à prova de sujidade


 


 







A LG.Philips apresentou um monitor LCD que é resistente à sujidade e muito fácil de limpar.
A empresa, uma joint-venture da LG Eletronics e da Philips, é já o maior fabricantes mundial de ecrãs para portáteis. Este novo produto, que deve chegar ao mercado a meio de 2008, tem uma cobertura especial no ecrã que reduz o brilho e a tendência para reter óleo e sujidade. Segundo o que a empresa refere, esta solução é mais económica do que acrescentar mais uma cobertura à já existente nos monitores.

A LG. Philips refere que uma única cobertura consegue fazer todo o trabalho. «O nosso novo painel utiliza um princípio similar ao usado nas frigideiras anti-aderentes». Explicou Ahn Byung-chul, que lidera o desenvolvimento de tecnologias avançadas da empresa, à agência Reuters. «A sujidade e o óleo podem ser removidas facilmente».


A tecnologia vai aparecer, primeiro, em ecrãs de portáteis de 15,4" e só em 2009 será incluída em todas as dimensões de ecrã deste fabricante.



publicado por . às 12:53
link do post | comentar | favorito

Descoberta garra fossilizada de escorpião gigante

lazte

 


 


 



Ciência
Descoberta garra fossilizada de escorpião gigante

Cientistas encontraram na Alemanha a garra fossilizada de um escorpião marinho que viveu há cerca de 400 milhões de anos e media cerca de 2,5 metros de comprimento.


Uma equipa internacional de investigadores descobriu uma garra fossilizada de 46 centímetros de comprimento alojada numa rocha com 390 milhões de anos de idade e que pertencia a uma espécie de escorpião marinho maior do que alguns automóveis da marca "Smart", noticia a CNN.

No estudo, publicado na terça-feira na publicação "Biology Letters" da Royal Society, pode ler-se que os 2,5 metros de comprimento do escorpião marinho Jaekelopterus rhenania tornam-no no maior artrópode alguma vez descoberto, ultrapassando os anteriores recordes em quase meio metro.

Uma das razões apontadas por alguns especialistas para o tamanho gigantesco destes artrópodes é o elevado nível de oxigénio que existia na atmosfera da altura, enquanto outros acreditam que eles evoluiram a par das suas presas, os peixes couraçados.

O achado vem sugerir que as aranhas, insectos, caranguejos e outros animais do passado eram bastante maiores do que os cientistas inicialmente julgavam.

Imagem: AP

Informação adicional:
CNN




http://ciberia.aeiou.pt/?st=8060
publicado por . às 12:45
link do post | comentar | favorito
Domingo, 18 de Novembro de 2007

Concept Audi Cross Cabriolet Quattro









No seguimento do Metroporject revelado em Tóquio, a Audi mostra mais um concept car em Los Angeles: o Audi Cross Cabriolet quattro combina a liberdade e elegância de um cabrio com o espaço e versatilidade de um SUV.

O Concept Audi Cross Cabriolet quattro é um modelo de quatro lugares e duas portas que será revelado no Salão de Los Angeles, de 14 a 24 Novembro. O motor proposto é de 3.0 litros TDI, seis cilindros, de 240 CV e debita 500Nm. A marca anuncia um consumo médio de 7.3 litros aos 100 km. A transmissão é automática, de 8 velocidades com patilhas no volante.
A capota demora 17 segundos a ser recolhida automaticamente e fica arrumada em “Z”, na traseira, completamente oculta da visão. Este modelo mede 4,62m de comprimento e 1,91 de largura, com apenas 1,63m de altura, com a capota recolhida.
O design do chassis é baseado no A4 e A5. A grelha dianteira revela o carácter desportivo deste concept car. Os faróis e luzes de aviso são todas em LED. Ainda no exterior, as jantes medem 21 polegadas e na traseira são bem visíveis as duas ponteiras do tubo de escape.


No interior, encontramos detalhes únicos e futuristas como um suporte para copos onde cada passageiro pode controlar a temperatura da sua bebida. Os estofos são de couro cinzento, com direito a ventilação exclusiva, e ainda, uma consola central ampla onde sobressai um LCD integrado no terminal de comandos.
Para além destes dispositivos, o Cross Cabriolet quattro concept tem também um ecrã táctil para, por exemplo, manipular as imagens de mapas que estejam a ser mostradas.
O sistema de navegação para este modelo foi criado com base no Google Earth, fornecendo mapas 3D extremamente detalhados. O som é baseado no equipamento utilizado no A8, da Bang&Olufsen, com um amplificador de 505watts. O acesso à rádio é feito por uma ligação à Internet. Internamente, há um sistema de comunicações que permite aos passageiros falar entre si, sem necessidade de levantar a voz, útil quando se anda com a capota aberta.
O carácter SUV mostra-se, entre outros aspectos, num mecanismo eléctrico que permite ajustar a altura do carro: a traseira pode, por exemplo, ser baixada para facilitar cargas e descargas, como no Q7.






Muito Mais em : http://aeiou.turbo.pt
publicado por . às 12:02
link do post | comentar | favorito

.participar

. participe neste blog

.pesquisar

 

blá blá
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

.posts recentes

. Rato tenta 'impedir' cobr...

. Se queres rir tens que ve...

. Este gato fica medo deste...

. Os melhores carros despor...

. Evolução do Fifa ao longo...

. Este vídeo relata o impac...

. A forma mais simples de j...

. A melhor ultrapassagem de...

. Sabes qual é o carro mais...

. Super Bock Super Rock 201...

Related Posts with Thumbnails

.Março 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
20
21
22
23
24
25
26
27
29
30
31

.links

.participar

. participe neste blog

.últ. comentários

Blog: http://www.elanao.com/
Pagaria! Hahaha
Vou querer uma destas para minha casa.
olá!Num comentário que deixou em http://www.ferram...
ah ah ah, muito bom :Da maior competição desportiv...
absolutamente incrível!!
Que ótimo trabalho da atriz Julia Louis-Dreyfus. E...
Quer visitar o carro que está em ORlando? Aproveit...
"Só de ti" - Porque o amor existe e é mais simples...
Helder Fráguas sofreu a perda da sua companheira, ...

.mais comentados

.tags

. actualidade

. automovel

. blogs

. cinema

. estreias

. filme

. fotos

. humor

. imagens

. interesse

. lazer

. musica

. noticias

. novidades

. piada

. rir

. rodas

. tecnologia

. vida

. video

. todas as tags

.arquivos

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

Related Posts with Thumbnails
free counter
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
blogs SAPO

.subscrever feeds