Terça-feira, 27 de Março de 2007

S. miguel Acores





São Miguel é a maior das ilhas do arquipélago dos Açores. Com uma superfície de 746,82 km², mede 90 quilómetros de comprimento e de 8-15 km de largura e conta com uma população de 131 609 habitantes (2001), mais 4,5% que uma década antes. É composta pelos concelhos de Lagoa, Nordeste, Ponta Delgada, Povoação, Ribeira Grande e Vila Franca do Campo. Designada por Ilha Verde, aquando da sua descoberta por volta de 1426/1439, começou a ser povoada (por cerca de 1440) por portugueses e por judeus, mouros e franceses.


A tão aludida Lagoa das Sete Cidades, com as suas duas lagoas - azul e verde - limitadas por uma caldeira, o ilhéu de Vila Franca, reserva natural, assim como o Vale das Furnas, com as suas fumarolas, de águas e lamas quentes e medicinais, são apenas alguns exemplos dos inúmeros pontos atractivos que São Miguel apresenta.


O sector primário constitui a principal actividade económica da ilha, sobretudo a área agrícola. Lagoa, Nordeste, Ponta Delgada, Povoação, Ribeira Grande e Vila Franca do Campo são os concelhos da ilha. O natural ou habitante da ilha de São Miguel denomina-se micaelense.


São Miguel é também conhecida como ilha Verde, devido às suas pastagens infinitas.


Os pontos de interesse turístico são variados. O Vale das Furnas, o verdadeiro ex-libris da ilha tem uma visão paradisíaca com o vapor das caldeiras, a água a ferver que se mistura e envolve com a beleza da lagoa. É um cenário difícil de descrever.


Um dos pontos de interesse da ilha é a Lagoa do Fogo, que se situa na Serra de Água de Pau, bem como a Lagoa do Congro, localizada a poucos quilômetros da Vila Franca do Campo.


A Lagoa das Sete Cidades é a outra das três grandes lagoas da ilha. Com uma cratera de grandes dimensões, está divida em duas partes, chamadas respectivamente de azul e verde.


Na zona Este da ilha, fica o Pico da Vara - a maior elevação da ilha - com 1103 metros de altitude. Na zona central, a serra de Água de Pau com 940 metros de altura e na zona Oeste situa-se a Caldeira das Sete Cidades com 850 metros de altitude.


Nas suas férteis terras são produzidos cereais, chá, fruta e vinho e alimentam o gado bovino.


A primeira capital da ilha foi Vila Franca do Campo, que veio a ser arrasada por um sismo em 1522, altura em que foi transferida para Ponta Delgada. Ponta Delgada é uma cidade em constante desenvolvimento, onde se mantêm ainda as suas igrejas e palácios dos séculos XVI e XIX.


A maior festa religiosa dos Açores é nesta ilha realizada, mais propriamente na cidade de Ponta Delgada, onde acorrem todos os anos milhares de pessoas. São as festas do Senhor Santo Cristo dos Milagres que são realizadas todos os anos no quinto Domingo depois da Páscoa.


Outra manifestação religiosa desta ilha são os Romeiros. Por altura da Semana Santa, grupos de algumas dezenas de homens percorrem a ilha a pé, durante oito dias, rezando e cantando em todas as Igrejas e Ermidas que se deparam pelo caminho.


Lagoa das Sete Cidades.






Costa Norte de S. Miguel - Açores - Aguarde que é o máximo!!!


















































publicado por . às 23:06
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 21 de Março de 2007

ferrari







ferrari é um fabricante italiano de carros de corrida e ou desportivos de alto desempenho fundado por Enzo Ferrari em 1929. No início, Scuderia Ferrari patrocinou pilotos e carros de corrida fabricados; a empresa começou sua produção independente em 1946, mais tarde se tornando Ferrari S.p.A., e agora pertence ao grupo Fiat e Piero Ferrari, filho de Enzo. A empresa está sediada em Maranello, próximo à Modena, Itália


O "Cavallino Rampante"


O famoso símbolo da Ferrari é um cavalo negro empinado em um fundo amarelo, sempre com as letras S F de Scuderia Ferrari.


O cavalo era originalmente o símbolo do Conde Francesco Baracca, um lendário "asso" (ás) da força aérea italiana durante a I Guerra Mundial, que o pintou na lateral de seus aviões. Baracca morreu muito jovem em 19 de Junho de 1918, abatido após 34 duelos vitoriosos e muitas vitórias em grupo; ele logo se tornou um herói nacional.


Baracca queria o cavalo empinado em seus aviões porque sua esquadra, os "Battaglione Aviatori", foi inscrita em um regimento da Cavalaria (forças aéreas estavam em seus primeiros anos e não tinham administração separada), e também porque ele mesmo tinha a reputação de melhor cavaliere (cavaleiro) de sua equipe.



Houve a suposição que a escolha de um cavalo tivesse sido em parte por causa do fato de que sua nobre família fosse conhecida por ter muitos cavalos entre seus bens em Lugo di Romagna. Outra teoria não comprovada sugere que Baracca copiou o desenho de cavalo empinado de um piloto alemão que tinha o emblema da cidade de Stuttgart em seu avião. Coincidência ou não, a fabricante alemã de carros Porsche, de Stuttgart, pegou emprestado seu logo de cavalo empinado do emblema da cidade.


Em 17 de Junho de 1923, Enzo Ferrari ganhou uma corrida no circuito de Savio em Ravenna e lá ele conheceu a Condessa Paolina, mãe de Baracca. A Condessa pediu que ele usasse o cavalo em seus carros, sugerindo que isso lhe daria boa sorte, mas a primeira corrida na qual a Alfa permitiu o uso do cavalo nos carros da Scuderia foi onze anos depois, nas 24 Horas de Spa em 1932. Ferrari ganhou.


Ferrari deixou o cavalo negro como havia sido feito no avião de Baracca; contudo, ele adicionou um fundo amarelo porque era a cor símbolo de sua terra natal, Modena.


O cavalo empinado não foi sempre identificado como marca apenas da Ferrari: Fabio Taglioni o usou em suas motocicletas Ducati. O pai de Tagliani foi de fato um companheiro de Baracca e lutou com ele no 91º Esquadrão Aéreo, mas ao passo que a fama da Ferrari cresceu, Ducati abandonou o cavalo; esse pode ter sido o resultado de um acordo privativo entre as duas marcas.


O Cavalo empinado é hoje uma marca registrada da Ferrari.



[editar] Carros esportivos



No Brasil, ao se comprar um Ferrari você ganha o direito de dar uma volta em Interlagos antes do Grande Prêmio de Fórmula 1. Isso incentiva a compra de um dos carros mais cobiçados do mundo, a Ferrari.


No Brasil, ao se comprar um Ferrari você ganha o direito de dar uma volta em Interlagos antes do Grande Prêmio de Fórmula 1. Isso incentiva a compra de um dos carros mais cobiçados do mundo, a Ferrari.



Os primeiros modelos da Ferrari eram considerados, pela maioria dos pilotos, puramente carros esportivos, não os carros exóticos que conhecemos hoje.



  • 1948-1951 166

    • 1948 166 Coupe/Cabriolet

    • 1951 166 Coupe

    • 1951 195 Coupe

    • 1951 212 Coupe/Cabriolet



  • 1952 340 MM Berlinetta/Spider



















- Motor: V12, 6.0cc, 620Cv às 7600Rpm



- Tracção traseira



- Dimensões: 183.7 × 77.2 × 52.6



- Peso: 1581Kg



- Performance: 3.7 segundos dos 0-100km/h, 330 km/h de velocidade máxima



- Consumos: 21.3 L (misto)

































publicado por . às 21:43
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Domingo, 4 de Março de 2007

Bob Marley







HISTORIA DO MESTRE


Fotos tirado do site SURFOREGGAE


11 de maio, dia em que o astro do 3º mundo embarcou para Zion.
Estamos 23 anos sem Bob Marley



O ano de 1945 foi especial. Após nove anos de uma guerra que matou milhões de pessoas em todo o mundo, finalmente a paz voltou a reinar na Terra. Em todos os cantos do planeta as pessoas se abraçaram e puderam comemorar o final do mais triste episódio da história da humanidade. Milhares de filhos voltaram para suas casas, famílias se reencontraram e a construção de um novo tempo começou.
Além desse fato, houve outro grande acontecimento, que só alguns moradores da pequena vila de Nine Miles, interior rural da Freguesia de St. Ann (Santa Ana), no norte da Jamaica, comemoraram. No dia 6 de fevereiro desse ano lá nasceu o menino Robert Nesta Marley, filho de Cedella Booker, uma garota negra de apenas dezoito anos, e do Capitão Norval Marley, do Regimento Britânico das Índias Ocidentais, um inglês branco de 50 anos de idade que, devido a pressões de sua família na Inglaterra, apesar de ajudar financeiramente, pouco conheceu o filho.



Apesar da escravidão ter sido abolida na Jamaica em 1834, aqueles dias de sofrimento ainda estão na memória dos descendentes de africanos e, misturados com os costumes ingleses. Já no começo do século passado a herança africana começava a ter expressão política com Marcus Garvey, um pastor jamaicano que fundou a Associação Universal para o Desenvolvimento do Negro.
A organização defendia a criação de um país negro, livre da dominação branca que recebesse de volta todos os descendentes de africanos exilados na América. Foi inclusive com esse intuito que Garvey chegou a fundar uma companhia de navegação a vapor, a Black Star Line. Marcus Garvey é lembrado na Jamaica também por outro motivo. O pastor, nas suas pregações, costumava repetir uma profecia que logo se espalhou entre a população negra. Ele dizia que logo na África surgiria um Rei negro, o 225º descendente da linhagem de Menelik, o filho do rei Salomão e da rainha de Sabá, que libertaria a raça negra do domínio branco. Anos depois esse rei apareceu. Em 1930 Ras Tafari Makonnen foi coroado Imperador da Etiópia e passou a se chamar Hailè Selassié. No mesmo momento, os seguidores de Garvey na Jamaica passaram a acreditar que a profecia houvesse sido cumprida e começaram uma nova religião chamada Rastafari.



Anos mais tarde, essa religião seria espalhada pelo mundo através da música de Bob Marley. Por volta da década de 50, a capital Kingston era a terra dos sonhos dos habitantes das zonas rurais da Jamaica. Apesar da cidade não ter muito trabalho a oferecer, multidões se dirigiam para lá para fatalmente engrossarem a população das favelas que já cresciam no seu lado oeste. A maior e mais miserável dessas favelas era Trench Town (ou Cidade do Esgoto), assim chamada por ter sido construída sobre as valas que drenavam os dejetos da parte antiga de Kingston. E foi para lá que Cedella se mudou junto com seu filho no final dos anos 50. O menino cresceu nesse ambiente junto com outros meninos de rua e, em especial, seu amigo Neville O’Riley Livingston, mais conhecido como Bunny, com quem começou a tocar latas e guitarras improvisadas em casa.
O
som que os dois garotos faziam era influenciado pelas emissoras do sul dos Estados Unidos que conseguiam captar nos seus rádios e que tocavam músicas de artistas como Ray Charles, Curtis Mayfield, Brook Benton e Fats Domino, além de grupos vocais como The Drifters que tinham muita popularidade na Jamaica. Nessa época, Bob conseguiu um emprego numa funilaria, mas já tinha a música como grande objetivo de sua vida. A busca desse objetivo ganhou dedicação exclusiva quando uma fagulha da solda com que trabalhava queimou seu olho. O acidente não teve gravidade mas o fez largar o emprego e investir unicamente no aperfeiçoamento da sua música com Bunny. Eles eram ajudados por Joe Higgs, um cantor que apesar de já possuir uma certa fama na ilha ainda morava em Trench Town e dava aulas de canto para iniciantes. Numa dessas aulas Bob e Bunny conheceram outro jovem músico chamado Peter Macintosh.



Em 1962 Bob Marley foi escutado por um empresário musical chamado Leslie Kong que, impressionado, o levou a um estúdio para gravar algumas músicas. A primeira delas “Judge Not” logo foi lançada pelo selo Beverley’s. No ano seguinte Bob decidiu que o melhor caminho para alcançar o sucesso era em um grupo, chamando para isso Bunny e Peter para formar os "Wailing Wailers". O novo grupo ganhou a simpatia do percussionista rastafari Alvin Patterson, que os apresentou ao produtor Clement Dodd. Na metade de 1963 Dodd ouviu os Wailing Wailers e resolveu investir no grupo. O ritmo da moda na Jamaica então era o Ska que, com uma batida marcada e dançante, misturava elementos africanos com o rhythm & blues de New Orleans e que tinha Clement “Sir Coxsone” Dodd como um dos seus mais famosos divulgadores. Os Wailing Wailers lançaram o seu primeiro single, “Simmer Down”, pela gravadora Coxsone no fim de 1963 e em janeiro a música já era a mais tocada na Jamaica, permanecendo nessa posição durante dois meses. O grupo então era formado por Bob, Bunny, Peter, Junior Braithwaite e dois backing vocals, Beverly Kelso e Cherry Smith.
Nessa época chegou pelo correio a passagem que Cedella, que tinha se casado novamente e mudado para Delaware nos Estados Unidos, conseguiu comprar após muito esforço. Ela desejava dar a Bob uma nova vida na América, mas antes da viagem ele conheceu Rita Anderson e em 10 de fevereiro de 1966 eles se casaram. Marley passou apenas oito meses com a mãe antes de retornar à Jamaica, onde começou um período que teve importância especial no resto de sua vida. Bob chegou em Kingston em outubro de 66, apenas seis meses depois da visita da Sua Majestade Imperial, o Imperador Hailè Selassiè, da Etiópia, que trouxe nova força ao movimento Rastafari na ilha. O envolvimento de Marley com a crença Rastafari também estava crescendo e, a partir de 67, sua música começou a refletir isso.
Os hinos dos Rude Boys deram lugar a uma crescente dedicação às canções espirituais e sociais que se tornaram a pedra fundamental do seu real legado. Bob, então, convidou Peter e Bunny para novamente formarem um grupo, dessa vez chamado “The Wailers”. Rita também começava sua carreira como cantora com um grande sucesso chamado “Pied Piper”, um cover de uma canção pop inglesa.



A música jamaicana, entretanto, havia mudado. A frenética batida do Ska estava dando lugar a um ritmo mais lento e sensual chamado Rock Steady. A nova crença Rastafari dos Wailers os colocou em conflito com Coxsone Dodd e, determinados a controlar seu próprio destino, os fez criar um novo selo, o Wail’N’Soul. Mas, apesar de alguns sucessos, os negócios dos Wailers não melhoraram muito e o selo faliu no fim de 1967. O grupo sobreviveu, entretanto, inicialmente como compositores de uma companhia associada ao cantor americano Johnny Nash que, na década seguinte, teria um grande sucesso com “Stir It Up”, de Bob.
Os Wailers então conheceram um homem que revolucionaria o seu trabalho: Lee Perry, cujo gênio produtivo havia transformado as técnicas de gravação em estúdio em arte. A associação Perry / Wailers resultou em algumas das melhores gravações da banda. Músicas como “Soul Rebel”, “Duppy Conqueror”, “400 Years” e “Small Axe” se não foram clássicos definiram a direção futura do reggae. Em 1970, Aston ’Family Man’ Barrett e seu irmão Carlton (baixo e bateria, respectivamente) se uniram aos Wailers. Eles eram o núcleo da banda de estúdio de Perry e haviam participado de várias gravações do grupo. Os irmãos eram conhecidos como a melhor seção rítmica da Jamaica, status que continuariam ostentando pela década seguinte. Os Wailers eram então reconhecidos como grande sucesso no Caribe, mas internacionalmente continuavam desconhecidos.
No verão de 1971 Bob aceitou o convite de Johnny Nash para acompanhá-lo à Suécia, ocasião em que assinou contrato com a CBS, que também era a gravadora do americano. Na primavera de 72 todos os Wailers já estavam na Inglaterra, promovendo ostensivamente o single “Reggae on Broadway”, mas sem alcançar bom resultado. Como última tentativa Bob entrou nos estúdios da Island Records, que havia sido a primeira a dar atenção ao crescimento da música jamaicana, e pediu para falar com o seu fundador, Chris Blackwell. Blackwell conhecia a fama dos Wailers e o grupo estava fazendo uma proposta irrecusável. Eles estavam adiantando 4 mil libras para gravar um álbum e para que, pela primeira vez, uma banda de reggae tivesse acesso as mais avançadas técnicas de gravação e fosse tratada como eram as bandas de rock da época.



Antes dessa proposta as gravadoras achavam que um grupo de reggae só vendia em singles ou compilações com várias bandas. O primeiro álbum dos Wailers, “Catch A Fire” quebrou todas as regras: era lindamente embalado e fortemente promovido. Era o começo de um longo caminho à fama e ao reconhecimento internacional. Embora “Catch A Fire” não tenha sido um hit instantâneo, o álbum teve um grande impacto na mídia. O ritmo marcante de Marley, aliado às suas letras militantes vinham com total contraste ao que estava sendo feito então. Além disso, a Island promoveu uma turnê do grupo na Inglaterra e nos Estados Unidos, o que era uma completa novidade para uma banda de reggae.
Os Wailers chegaram em Londres em abril de 73, embarcando numa série de apresentações que mostraria sua qualidade como banda de shows ao vivo. Entretanto, após três meses, o grupo voltou à Jamaica e Bunny, desencantado com a vida na estrada, se recusou a tocar na turnê americana. No seu lugar entrou Joe Higgs, o velho professor de canto dos Wailers. A turnê americana incluía, além de algumas casas de show, a participação em alguns shows de Bruce Springsteen e Sly & The Family Stone, a principal banda de música negra americana do momento. Mas depois de quatro shows ficou claro que colocar os Wailers abrindo espetáculos poderia ser ruim para as atrações principais. A banda foi então para San Francisco, onde a rádio KSAN transmitiu uma apresentação ao vivo que só foi publicada em 1991, quando a Island lançou o álbum comemorativo “Talkin’ Blues”.
Em 73, o grupo também lançou o seu segundo álbum pela Island, “Burnin’”, um LP que incluía novas versões de algumas das suas mais velhas músicas, como: “Duppy Conqueror”, “Small Axe” e “Put It On”, junto com faixas como “Get Up, Stand Up” e “I Shot The Sheriff” (que no ano seguinte se tornaria um enorme sucesso mundial na voz de Eric Clapton, alcançando o primeiro lugar na lista dos singles mais vendidos nos Estados Unidos).
Em 74 Marley passou uma grande parte do seu tempo no estúdio trabalhando nas sessões que resultaram em “Natty Dread”, um álbum que incluía músicas como “Talkin’ Blues”, “No Woman No Cry”, “So Jah Seh”, “Revolution”, “Them Belly Full (But We Hungry)” e “Rebel Music (3 o’clock Roadblock)”. No início do próximo ano, entretanto, Bunny e Peter deixariam definitivamente o grupo para embarcar em carreiras solo enquanto a banda começava a ser conhecida por Bob Marley & The Wailers.



“Natty Dread” foi lançado em fevereiro de 75 e logo a banda estava novamente na estrada. A composição harmônica perdida com a saída de Bunny e Peter havia sido substituída pelas I-Threes, um trio feminino composto pela esposa de Bob, Rita, além de Marcia Griffiths e Judy Mowatt. Entre os concertos, os mais importantes foram as duas apresentações no Lyceum Ballroom de Londres que até hoje são lembradas entre as melhores da década. Os shows foram gravados e logo o disco, junto com o single “No Woman, No Cry”, estava nas paradas de sucesso. Em novembro, quando Marley voltou a Jamaica para tocar num show beneficiente com Stevie Wonder ele já era obviamente o maior superstar da ilha.
“Rastaman Vibrations”, o álbum seguinte, lançado em 76, atingiu o topo das paradas americanas e é considerado por muitos a mais clara exposição da música e das crenças de Bob. O LP incluía músicas como “Crazy Baldhead”, “Johnny Was”, “Who The Cap Fit” e, talvez a mais significativa de todas, “War”, cuja letra foi extraída de um discurso do Imperador Hailè Selassiè, nas Nações Unidas.
Com o sucesso internacional cresceu a importância política de Bob Marley na Jamaica, onde a fé Rastafari expressa por sua música alcançava forte ressonância na juventude dos guetos. Como forma de agradecimento ao povo da ilha, Bob decidiu dar um concerto aberto no Parque dos Heróis Nacionais de Kingston, em 5 de dezembro de 1976. A idéia era enfatizar a necessidade de paz nas ruas da cidade, onde as brigas de gangues estavam causando confusão e mortes. Logo depois do anúncio do show, o governo convocou eleições para o dia 20 de dezembro. Isso deu nova força à guerra no gueto e, na tarde do concerto atiradores invadiram a casa de Bob e o alvejaram. Na confusão os atiradores apenas feriram Marley, que foi levado a salvo às montanhas na cercania da cidade. Entretanto ele resolveu fazer o show de qualquer maneira e subiu ao palco para uma rápida apresentação em desafio aos seus agressores. Foi a última apresentação de Bob na Jamaica por oito meses. Logo após o show ele deixou o país para viver em Londres, onde gravou seu próximo álbum, “Exodus”.
Lançado no verão daquele ano, “Exodus” consolidou o status internacional da banda, ficando nas paradas da Inglaterra por 56 semanas seguidas e tendo seus três singles - “Waiting In Vain”, “Exodus” e “Jamming’” - com grandes vendagens.
Em 78 a banda capitalizou novo sucesso com “Kaya”, que alcançou o quarto lugar na Inglaterra logo na semana seguinte do lançamento. O álbum mostrava um novo ângulo de Marley, com uma coleção de canções de amor e, claro, homenagens ao poder da “Ganja”. Do álbum foram extraídos dois singles: “Satisfy My Soul” e “Is This Love”. Ainda em 78 aconteceriam mais três eventos com extraordinária importância para Marley. Em abril ele voltou à Jamaica para o “One Love Peace Concert”, quando fez com que o Primeiro-Ministro Michael Manley e o líder da oposição Edward Seaga se dessem as mãos no palco. Ele foi então convidado para ir à sede das Nações Unidas, em New York, para receber a Medalha da Paz. E, no fim do ano, Bob visitou a África pela primeira vez, indo inicialmente ao Kenya e depois à Etiópia, o lar espiritual Rastafari.



A banda havia recém terminado uma turnê pela Europa e América que rendeu o segundo álbum ao vivo: “Babylon By Bus”. “Survival”, o nono álbum de Bob Marley pela Island foi lançado no verão de 1979. Ele incluía “Zimbabwe”, um hino para a Rodésia, que logo seria libertada, junto com “So Much Trouble In The World”, “Ambush In The Night” e “Africa Unite”. Como indica a capa, que contém as bandeiras das nações independentes, “Survival” foi um álbum em homenagem à solidariedade Pan-Africana. Em abril de 1980, o grupo foi convidado oficialmente pelo governo do recém libertado Zimbabwe para tocar na cerimônia de independência da nova nação. Essa foi a maior honra oferecida à banda e demonstrou claramente a sua importância no Terceiro Mundo.
O próximo disco da banda, “Uprising”, foi lançado em maio de 80 e teve sucesso imediato com “Could You Be Loved”. O álbum também trazia “Coming In From The Cold”, “Work” e a extraordinária faixa de encerramento, “Redemption Song”. Os Wailers então embarcaram na sua maior turnê européia, quebrando recordes de público pelo continente. A agenda incluía um show para 100 mil pessoas em Milão, o maior da história da banda. Bob Marley & The Wailers eram a maior banda na estrada naquele ano e “Uprising” estava em todas as paradas da Europa. Era um período de máximo otimismo e estavam sendo feitos planos de uma turnê na América em companhia de Stevie Wonder no final do ano.
No fim da turnê européia Marley e a banda foram para os Estados Unidos. Bob fez dois shows no Madison Square Garden, mas logo após caiu seriamente doente. Três anos antes, em Londres, ele havia ferido o dedo do pé jogando futebol. O ferimento se tornou canceroso e, apesar de ter sido tratado em Miami, continuou a progredir. Em 1980, o câncer, em sua forma mais virulenta, começou a se espalhar pelo corpo de Bob. Ele controlou a doença por oito meses, fazendo tratamento na clínica do Dr. Joseph Issels, na Bavária. O tratamento de Issels era controvertido por só usar remédios naturais e não tóxicos e, por algum tempo, pareceu estabilizar a condição de Bob. Entretanto, repentinamente a luta começou a ficar mais difícil. No começo de maio ele deixou a Alemanha para voltar à Jamaica, mas não completou a viagem.
Bob Marley morreu num hospital de Miami na segunda-feira, 11 de maio de 1981. No mês anterior, Marley havia sido agraciado com a Ordem do Mérito da Jamaica, a terceira maior honra da nação, em reconhecimento à sua inestimável contribuição à cultura do país. Na quinta-feira, 21 de maio de 1981, o Honorável Robert Nesta Marley O. M. recebeu um funeral oficial do povo da Jamaica. Após o funeral - assistido tanto pelo Primeiro-Ministro como pelo líder da oposição - o corpo de Marley foi levado à sua terra natal, Nine Mile, no norte da ilha, onde agora descansa em um mausoléu. Bob Marley morreu aos 36 anos, mas a sua lenda permanece viva até hoje.









A Morte do Mestre


 


No fim da turnê européia Marley e a banda foram para os Estados Unidos. Bob fez dois shows no Madison Square Garden, mas logo após caiu seriamente doente. Três anos antes, em Londres, ele havia ferido o dedo do pé jogando futebol. O ferimento se tornou canceroso e, apesar de ter sido tratado em Miami, continuou a progredir. Em 1980, o câncer, em sua forma mais virulenta, começou a se espalhar pelo corpo de Bob. Ele controlou a doença por oito meses, fazendo tratamento na clínica do Dr. Joseph Issels, na Bavária. O tratamento de Issels era controvertido por só usar remédios naturais e não tóxicos e, por algum tempo, pareceu estabilizar a condição de Bob. Entretanto, repentinamente a luta começou a ficar mais difícil. No começo de maio ele deixou a Alemanha para voltar à Jamaica, mas não completou a viagem. Bob Marley morreu num hospital de Miami na segunda-feira, 11 de maio de 1981. No mês anterior, Marley havia sido agraciado com a Ordem do Mérito da Jamaica, a terceira maior honra da nação, em reconhecimento à sua inestimável contribuição à cultura do país. Na quinta-feira, 21 de maio de 1981, o Honorável Robert Nesta Marley O. M. recebeu um funeral oficial do povo da Jamaica. Após o funeral - assistido tanto pelo Primeiro-Ministro como pelo líder da oposição - o corpo de Marley foi levado à sua terra natal, Nine Mile, no norte da ilha, onde agora descansa em um mausoléu. Bob Marley morreu aos 36 anos, mas a sua lenda permanece viva até hoje.







Curiosidades


 


Muitos curiosos devem se perguntar, se aquele anel que Bob usava, tinha algum significado.Pois ele tinha sim. Ele foi dado a Bob em uma audiência em Londres, com o neto do Imperador Selassie, o Príncipe Asfa Wossan. Foi uma honraria inigualável o anel: Jah Ras Tafari, pertencente ao imperador da Etiópia.

Bob, entre seus tratamentos para evitar o câncer (em vão pois já havia se espalhado pelo corpo), fez uma escala em Miami para ser batizado na Igreja Ortodoxa da Etiópia com o nome de Berhane Selassie

Como os Dreadlocks, não podem ser cortados, e como Bob respeitava muito essas crenças,a última vez em que ele cortou foi em 1962, e ficou assim sem cortá-los até sua morte em 1981.

A música "Ambush In The Night", foi feita após o atentado que Bob sofreu em 76, e que foi um tabu na vida de Bob. Ninguém sabia o motivo, mas Bob, tinha certeza que era por motivos políticos.

Você sabia que a causa do câncer de Bob, foi um ferimento em seu pé? Pois é, durante uma turnê pela Europa, Bob jogava futebol e assim se feriu. O machucado infeccionou e o médico sugeriu que ele amputasse o dedão. Mas Bob recusou a proposta com base em suas crenças rasta. Jamais sarou a infecção, e segundo alguns médicos, acabou gerando um tumor que depois originaria câncer cerebral, descoberto três anos depois.

Quando Bob estava com câncer, seus Dreadlocks caíram, e foram guardados. Após sua morte, para seu funeral, eles foram grudados em sua cabeça para que o povo que tanto o admirava visse pela última vez seu ídolo como sempre foi visto.

Em 1973, Bob Marley & The Wailers, foram escalados por uma banda de Funk Music, a Sly & The Family Stone, para fazerem uma turnê com eles. Bob Marley & The Wailers abririam todos os seus shows, mas foram rapidamente cortados, pois estavam fazendo mais sucesso do que a banda principal, Sly & The Family Stone.

A música "Stir It Up", foi composta por Bob na época em que estava morando com sua mãe nos E.U.A. Bob sentindo muitas saudades de Rita (que ficara na Jamaica), resolveu compor essa, que seria uma de suas músicas mais românticas.

Você sabia, que o Bob Marley nem chegou a conhecer seu pai? Pois é, Norval Sinclair Marley era um cinquentão oficial da Marinha Britânica, (branco). Ele teve Bob, com a pequena Cedella Booker de apenas 18 anos (Negra). Norval, engravidou Cedella, se casou, mas logo em seguida foi embora. Deixou Cedella, e após 10 anos morreu. Nesses 10 anos Norval não quis saber de voltar. Cedella, acreditava que a razão disso, era que a família de Norval não concordava com seu namoro. (Bob nunca se importou com isso)

Você sabia que Bob tocava Ska (ritimo nascido do Rhytm'n'Blues americano), até chegar no Reggae? Uma amostra disso é a canção "Simmer Down" que estourou nas paradas por fazer uso dessas duas linguagens. Foi um grande sucesso de Bob na época. Além disso Bob estava acompanhado de um grupo chamado Skatalites (considerada a melhor banda de apoio da ilha).

Bob aos 6 anos, lia mãos para ganhar dinheiro? E não é só isso, dizia ele que costumava ver espíritos.

Joe Higgs, (professor de canto de Bob) foi quem o ajudou a escrever sua primeira música, "Judge Not".

Você sabia, que o nome da gravadora de Bob TUFF GONG, foi também seu apelido de adolescente.

Sábia que a maconha para os rastafaris, faz parte de sua religião. Para eles a maconha é uma erva sagrada, e fumando ela , se sente mais próximo do criador.


Uma série de leis de dieta e de higiene foram formuladas para acompanhar a doutrina religiosa Rastafari. Um verdadeiro Rasta não poderia ingerir álcool, tabaco, qualquer tipo de carne (especialmente porco), assim como crustáceos, caracóis, espécies marinhas predadoras, e muitos temperos comuns, como o sal. Resumindo, tudo que não fosse "Ital", um termo Rasta que significa puro, natural ou limpo, seria proibido. Outro costume comum proibido era o de cortar ou pentear os cabelos. Essa tradição religiosa Rasta também é fundamentada em diretrizes sagradas, que determina aos seguidores da Filosofia Rastafari que não cortem ou penteiem seus cabelos e barba.


O primeiro encontro entre Bob e Eric Clapton, se deu nos bastidores do Hammerssmith Odeon, em Londres, em 78, durante um show de Eric.

Logo após o lançamento do disco que continha a versão de Eric Clapton para "I Shot The Sheriff", ele recebeu um telefonema de Bob. Clapton ficava perguntando a ele se aquela era uma história real: Se ele realmente tinha atirado no xerife? Do que aquilo tudo tratava afinal? Como resposta, Bob disse que algumas partes eram verdadeiras, mas que não revelariam quais eram essas partes.

Bob, após o show, "One Love Peace Concerte", onde reuniu para conciliação dos adversários políticos jamaicanos, o Primeiro-ministro Michael Manley, e o Líder da Oposição Edward Seaga, foram agraciados pela ONU, com a medalha da Paz.

Em 1990, o dia 6 de fevereiro (Dia em que Bob nasceu) é declarado feriado nacional na Jamaica.

Em novembro de 1966, após Bob e Rita voltarem dos EUA (onde visitavam a mãe de Bob). Ambos decidem abrir uma loja de discos em Kingston.

Você sabia que o antigo telefone da casa de Marley, na velha e conhecida Hope Road nº 56 era: 927-7103

Você sabia que o pai nosso dos Rasta é assim: "Amando Jah, eu vou prosperar... Que o Teu amor e prosperidade estejam sempre em meu lar... Peço também que proteja os meus companheiros... Que o Teu amor esteja com eles... Por causa da força do Altíssimo, Jah, Ras Tafari-I... Eu renuncio a tudo que tenho.




 


LETRAS DE BOB TRADUZIDAS


GET UP, STAND UP


LEVANTE, RESISTA


 


GET UP, STAND UP: STAND UP FOR YOUR RIGHTS!
LEVANTE, RESISTA: LUTE PELOS SEUS DIREITOS!
GET UP, STAND UP: STAND UP FOR YOUR RIGHTS!
LEVANTE, RESISTA: LUTE PELOS SEUS DIREITOS!
GET UP, STAND UP: STAND UP FOR YOUR RIGHTS!
LEVANTE, RESISTA: LUTE PELOS SEUS DIREITOS!
GET UP, STAND UP: DON'T GIVE UP THE FIGHT!
LEVANTE, RESISTA: NÃO DESISTA DA LUTA!
PREACHERMAN, DON'T TELL ME,
PASTOR, NÃO ME DIGA,
HEAVEN IS UNDER THE EARTH
QUE O PARAÍSO ESTA EMBAIXO DA TERRA
I KNOW YOU DON'T KNOW
VOCÊ NÃO SABE QUANTO
WHAT LIFE IS REALLY WORTH
A VIDA REALMENTE VALE
IT'S NOT ALL THAT GLITTERS IS GOLD
NEM TUDO QUE BRILHA É OURO
ALF THE STORY HAS NEVER BEEN TOLD
SÓ METADE DA HISTORIA FOI CONTADA
SO NOW YOU SEE THE LIGHT, EH!
E ENTÃO AGORA QUE VOCÊ ENXERGOU A LUZ, EI!
STAND UP FOR YOUR RIGHTS
LUTE PELOS SEUS DIREITOS
COME ON!
VAMOS LÁ!
MOST PEOPLE THINK
A MAIORIA DAS PESSOAS PENSA
GREAT GOD WILL COME FROM THE SKIES
QUE O GRANDE DEUS VAI SURGIR DOS CÉUS
TAKE AWAY EVERYTHING
LEVAR TUDO
AND MAKE EVERYBODY FEEL HIGH
E FAZER TODO MUNDO SE SENTIR ELEVADO
BUT IF YOU KNOW WHAT LIFE IS WORTH
MAS SE VOCÊ SABE O QUANTO VALE A VIDA
YOU WILL LOOK FOR YOURS ON EARTH
VAI PROCURAR O SEU AQUI NA TERRA
AND NOW YOU SEE THE LIGHT
E AGORA QUE VOCÊ ENXERGA A LUZ
YOU STAND UP FOR YOUR RIGHTS
LUTE PELOS SEUS DIREITOS
JAH!
JAH!
WE SICK AN' TIRED OF-A YOUR ISM-SKISM GAME
ESTAMOS CHEIOS E CANSADOS DO SEU JOGO DE ISMOS
DYIN' 'N' GOIN' TO HEAVEN IN-A JESUS' NAME, LORD
MORRER E IR PRO CÉU EM NOME DE JESUS, SENHOR
WE KNOW WHEN WE UNDERSTAND
NÓS SABEMOS E ENTENDEMOS
ALMIGHTY GOD IS A LIVING MAN
O DEUS PODEROSO É UM HOMEM VIVO
YOU CAN FOOL SOME PEOPLE SOMETIMES
VOCÊ PODE ENGANAR ALGUMAS PESSOAS ÀS VEZES
BUT YOU CAN'T FOOL ALL THE PEOPLE ALL THE TIME
MAS NÃO PODE ENGANAR TODO MUNDO TODO O TEMPO
SO NOW WE SEE THE LIGHT (WHAT YOU GONNA DO?)
ENTÃO AGORA QUE VOCÊ ENXERGA A LUZ (O QUE VOCÊ VAI FAZER?)
WE GONNA STAND UP FOR OUR RIGHTS!
VAMOS LUTAR POR NOSSOS DIREITOS!
(YEAH, YEAH, YEAH!)
(YEAH, YEAH, YEAH!)


No Woman No Cry


Não, Mulher, Não Chore




No, woman, no cry; (4x )
Não, mulher, não chore (4x)
Cause I remember when we used to sit
Ainda me lembro quando costumávamos sentar
In the government yard in Trenchtown,
Num Jardim público em Trenchtown
Ob
- observing the hypocrites
Ob - observando os hipócritas

As they would mingle with the good people we meet.
Misturarem se com a boa gente que encotramos
Good friends we have, oh, good friends we've lost
Bon amigos nós temos, oh, bons amigos perdemos
Along the way.
No caminho
In this great future, you can't forget your past;
Neste grande futuro, você não pode esquecer de seu passado;
So dry your tears, I seh.
Então eu digo, enxugue as lágrimas.
No, woman, no cry;
Não mulher não chore
No, woman, no cry.
Não mulher não chore
Little darling', don't shed no tears
Minha querida nào derrame nenhuma lágrima
No, woman, no cry.
Não, mulher, não chore
Said I remember when we used to sit
Ainda me lembro quando costumavamos sentar
In the government yard in Trenchtown,
Num Jardim público em Trenchtown
And
then Georgie would make the fire lights,
E aí Georgia acendia fogueiras

As it was log would burnin' through the nights.
E as lendas de burnin, entravam noite a dentro
Then we would cook cornmeal porridge
E, então, cozinhávamos mingau de milho
Of which I'll share with you;
Do qual eu compartilho com você;
My feet is my only carriage
Meus pés são minha unica carruagem
So I've got to push on through
Portanto tenho que ir em frente
But
while I'm gone, I mean:
Enquanto estiver fora, eu quero que saibam

Everything's gonna be all right!
Tudo vai dar certo
Everything's gonna be all right!
Tudo vai dar certo
I said, everything's gonna be all right-a!
Eu disse, tudo vai dar certo
Everything's gonna be all right, now!
Tudo vai dar certo, agora!
Everything's gonna be all right!
Tudo vai dar certo
No, woman, no cry;
Não mulher não chore
No, woman, no cry.
Não mulher não chore
I seh little darlin'
Eu digo, minha querida
Don't shed no tears;
Não derrame nenhuma lágrima
No, woman, no cry...
Não mulher não chore...




publicado por . às 11:33
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

.participar

. participe neste blog

.pesquisar

 

blá blá
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

.posts recentes

. Rato tenta 'impedir' cobr...

. Se queres rir tens que ve...

. Este gato fica medo deste...

. Os melhores carros despor...

. Evolução do Fifa ao longo...

. Este vídeo relata o impac...

. A forma mais simples de j...

. A melhor ultrapassagem de...

. Sabes qual é o carro mais...

. Super Bock Super Rock 201...

Related Posts with Thumbnails

.Março 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
20
21
22
23
24
25
26
27
29
30
31

.links

.participar

. participe neste blog

.últ. comentários

Blog: http://www.elanao.com/
Pagaria! Hahaha
Vou querer uma destas para minha casa.
olá!Num comentário que deixou em http://www.ferram...
ah ah ah, muito bom :Da maior competição desportiv...
absolutamente incrível!!
Que ótimo trabalho da atriz Julia Louis-Dreyfus. E...
Quer visitar o carro que está em ORlando? Aproveit...
"Só de ti" - Porque o amor existe e é mais simples...
Helder Fráguas sofreu a perda da sua companheira, ...

.mais comentados

.tags

. actualidade

. automovel

. blogs

. cinema

. estreias

. filme

. fotos

. humor

. imagens

. interesse

. lazer

. musica

. noticias

. novidades

. piada

. rir

. rodas

. tecnologia

. vida

. video

. todas as tags

.arquivos

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

Related Posts with Thumbnails
free counter
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
blogs SAPO

.subscrever feeds